Salvador, 14 de Dezembro de 2017

Gabriel Ribeiro dos Santos - Bieca (1877 - 02 Set 1947)


                  Bieca foi um dos homens mais ricos da região de Morro do Chapéu, de onde era natural. Ele foi comerciante no Ventura, onde tinha fabricas de sabão e de biscoitos que abasteciam a região.

A sua casa no Ventura era conhecida como o palacete, onde Horacio de Matos  se hospedava.

Em 27 de abril de 1919 Gabriel Ribeiro dos Santos passa a assinar  Gabriel Ribeiro dos Santos Biéca.

Segundo o Correio do Sertão de 07 de março de 1920, nessa época  Bieca detinha no Ventura a representação das seguintes casas comerciais: Machado Soares & C., Nova Monteiro e C., Augusto Carvalho e C., Westphalem Bach & C., João Ribeiro de Lacerda & C., Silva Lima & C. e Rodolpho e C. ( C

Posteriormente, com a inauguração da estrada de ferro para Jacobina, ele transferiu sua casa comercial para o povoado do França, onde se empenhou em uma disputa de preços com outro comerciante, que por também possuir casas comerciais em Jacobina e Juazeiro conseguiu ser o vencedor. Desse modo, com a falência, passou residir em Salvador, onde se dedicou a atividades comerciais de pequeno porte.

Era irmão de Miguel Ribeiro, conceituado comerciante em Morro do Chapéu. Suas irmãs eram D Pombinha e D. Fininha.

Do seu casamento com Isabel de Oliveira, filha do coronel Sinfronio, de Mundo Novo, nasceram 11  filhos:  Dante Bieca, Célio, Hélio, Ari, Milton, Lelia, Nair, Jacy, Inah, Zilia e Dalva.

Faleceu em 02 de setembro de 1947, em Salvador, em consequência de pneumonia.



Comentários enviados

Álvaro Gabriel C. Ribeiro
Álvaro Gabriel C. Ribeiro em 11/06/2014 às 14:42:22 disse:

Sou neto de Gabriel Ribeiro dos Santos Bieca, filho de Ari.

Ary Ribeiro de Oliveira Filho
Ary Ribeiro de Oliveira Filho em 18/08/2014 às 10:53:45 disse:

Sou neto de Gabriel Ribeiro dos Santos Bieca, filho de Ari, gostaria de encontrar algum parente da nossa família para não perdermos a historia, caso encontre iremos até Morro do Chapéu para possível encontro, pois o Alvaro Gabriel meu irmão tem dois filhos e eu (Ary) tenho cinco filhos e não conhecem a família. Fiquei muito feliz ao descobrir o Site, quem o fez está de parabéns. Um grande abraço. Ary

yuri ribeiro de oliveira
yuri ribeiro de oliveira em 04/01/2015 às 00:47:26 disse:

nao conheço muito gente da nossa familia mas,tenho muitas saudades da familia reunida as lembranças q guardo sao otimas sinto muita falta. amo muito os q me restaram . sinto muitas saudades da minha vó antonia conceição amo minha familia de mais e prezo por eles tenho fe que em algum lugar iremos nos reunir novamente . um abraço a todos !!!! amo muito vcs . sou neto de Ary Ribeiro de Oliveira Filho. Filho de Simone Ribeiro de Oliveira sinto saudades da familia .... pra vcs q estao vendo esse recado deixo meu abraço

moises ribeiro dos santos
moises ribeiro dos santos em 10/04/2015 às 15:56:40 disse:

meu vo e do morro do chapeu ba antonio ribeiro dos santos

Patricia ferreira
Patricia ferreira em 12/05/2015 às 20:02:24 disse:

Patricia Ferreira. Sou filha de Agnelo SOUZA ribeiro. Ele diz que foi adotado po Gabriel Ribeiro dos santos Biecas. Ele se lembra do célio .yuri e outros da família ele gostaria de reencontra los. Se alguém tiver informação de alguns dos irmãos vivos por favor entre em contato. Obrigada

oi meu nome é valma gois bagano
oi meu nome é valma gois bagano em 14/11/2015 às 20:03:56 disse:

Meu pai falecido a mais de vinte anos tem uma irma q ainda nao conheco mas q gostaria muito de conhece_la pois é a unica irma dele q é minha tia e preciso muito conhecer algo sobre a horigem do meu pai de onde veio e pq o sobrenome (Bagano) muito obrigada

Raquel
Raquel em 25/12/2015 às 03:24:53 disse:

a história registrada aqui não é assim, o Gabriel não cometeu suicídio, faleceu doente com pneumonia assim como a filha, Dalva. Sou neta da filha caçula dele, Jacy, nascida no França, e ela está lúcia e possui 89 anos. Fora ela, só está ainda viva a minha tia Ináh (Naná). Convivi com minhas tias Nair, Zília (Ziza), conheci e passei muito minha infância com Tio Milton, além de também ter contato com a mais velha de todos, a Leliah. Nunca, nenhum dos filhos mencionou desfecho tão absurdo como esse que li aqui. Minha avó está agora aqui do meu lado, muito chateada.

Raquel
Raquel em 25/12/2015 às 03:33:49 disse:

Patrícia, a minha avó lembra sim do Agnelo, falou que ele era filho de um morador de rua e os pais dela, Isabel e Gabreil, o criaram, sim! Ela era a caçula e o chama-va de moleque Agm]nelo, acho que temos ele em alguma fotografia. Vou procurar e enviarei para ti. E o desfecho sobre o final do sr. Gabriel está equivocado. ele faleceu com complicações da tuberculose, assim como ocorreu depois com a filha, Dalva.

Raquel
Raquel em 25/12/2015 às 03:54:00 disse:

Dos filhos faltou os nomes de Inah (Naná)(com 95 anos atualmente), Zília (Ziza)- falecida em 17.07.2002 em Valença (Ba), além da filha caçula, Jacy (atualmente com 89 anos). Sr Gabiel Bieca faleceu acometido pelo agravamento da tuberculose, assim como ocorrido anós apóos com sua filha Dalva Oliveira. E sim, durante um perido ainda no Araial do França o casal Gabriel e Isabel se compadeceram da situação de um menino filho de um morador de rua, o menino Agnelo, e o ajudaram, mas não o trouxeram para morar em Salvador.

Adilson Conceição Oliveira
Adilson Conceição Oliveira em 16/01/2016 às 03:37:58 disse:

Sou filho de Ary Ribeiro de Oliveira e Antonia M. Conceição Oliveira e como irmãos, Alvaro G.Conceição Ribeiro, Aidil Ribeiro de Oliveira e Ary Ribeiro de Oliveira Filho, moro em TUCURUÍ -Pa

Aline
Aline em 19/05/2016 às 15:05:59 disse:

Gostaria de saber se alguem conhece Demerval Ribeiro dos Santos irmão de Evando que morava no RJ.obrg.

Aline
Aline em 19/05/2016 às 15:09:09 disse:

Gostaria de saber se alguem conhece Demerval Ribeiro dos Santos irmão de Evando que morava no RJ.obrg.

Utilize o espaço abaixo para contribuir com informações, sugestões, elogios ou críticas ...

Sua mensagem será moderada antes de aparecer para o público.


(Obrigatório)
Este campo é obrigatório.Formato de e-mail inválido.

Desenvolvido por Éder Lima