Salvador, 14 de Dezembro de 2017

Eustaquio Pinto Garcia

Eustáquio Pinto Garcia (20.09.1890 - 09.09.1961)

 Seundo informaões de Carlos Alberto Pardal Garcia e Selma Garcia, Eustáquio Pinto Garcia, que nasceu em Recife (PE), era filho de Manoel Pardal Garcia (espanhol) e Virgínia Eugênio Garcia. Após freqüentar um curso de mecânica no Rio de Janeiro, passou a trabalhar em uma empresa revendedora de motores de fabricação alemã. O serviço de Eustáquio consistia justamente em montar os motores. Ele chegou a Morro do Chapéu, provavelmente em 1914, para instalar motores para beneficiar algodão.

No decorrer do seu trabalho, Eustáquio foi apresentado por Miguel Ribeiro ao coronel Francisco Dias Coelho, chefe político local, que era, nessa época, o principal comerciante de diamante da região. Ficaram grandes amigos.

Quando o trabalho de Eustáquio foi concluído ele foi convencido por Dias Coelho a permanecer em Morro  do Chapéu e tornou-se titular do Cartório de Tabelionato e Registro de Imóveis e Hipoteca.

Posteriormente, durante o período em que o coronel Antônio de Souza Benta liderou o município, ele ocupou também o cargo de delegado de polícia (1931-1932).

Existe registro fotográfico mostrando Eustáquio participando, em 1929, da abertura da estrada para o povoado do Ventura.

Ele foi casado com Querubina Gabriel, filha do professor Antônio Gabriel de Oliveira, com quem não teve filhos. Após o falecimento da mesma, casou, em 1918, com outra filha do referido professor, Áurea Oliveira.

Os filhos do segundo casamento e respectivos cônjuges são:

 

FILHOS                                                                     CÔNJUGES

Iolanda Oliveira Garcia (1924)

Ida Oliveira Garcia (1925)                            Lauro Francisco Matos

Ivanete Oliveira Garcia (1926)                     Audalio Mesquita Passos

Carlos Alberto Garcia (1927)                                   Gisete Cunegundes

Ivan Pardal Garcia     (1929)                                   Adir Lima

Áureo Pardal Garcia (1930)                         

Ivaldo Garcia (1931)                                     Edna Pereira Garcia

Adroaldo Pardal Garcia (1932)                     Suzana Santos

Selma Garcia                                                 Idivaldo Cunegundes

 

Sua primeira residência ficava na rua do Ventura, atualmente rua Nilo Peçanha, em um imóvel alugado, de propriedade de D. Alzira Guanaes Dourado. Posteriormente comprou uma casa na mesma rua, no local onde hoje é a vila dos bancários.

  • Eustáquio Pinto Garcia (20 Set de 1890 – 09 Set 1961).
  • Primeira máquina de beneficiar algodão instalada no município, na região de América Dourada, em 1920. Proprietário
  • Eustaquio Pinto Garcia e sua esposa Áurea de Oliveira Garcia, acompanhados  de suas filhas Ivanete, Yolanda e Ida.
  • Primeira máquina de beneficiar algodão, instalada no município em 1920, por Eustáquio Pinto Garcia.
  • Carlos Alberto Pardal Garcia (esquerda) e Joelito Modesto dos Reis – Zéu, em Setembro de 1985.
  • Fundadores da Acacia Morrens.e

Utilize o espaço abaixo para contribuir com informações, sugestões, elogios ou críticas ...

Sua mensagem será moderada antes de aparecer para o público.


(Obrigatório)
Este campo é obrigatório.Formato de e-mail inválido.

Desenvolvido por Éder Lima