Salvador, 14 de Dezembro de 2017

Benedito José Santos (Bené)

Comentários envia

Octaviano Gonçalves de Oliveira
Octaviano  Gonçalves de Oliveira relata que BENEDITO JOSE DOS SANTOS, 
conhecido como Benedito de Zecão ou simplesmente Bené, foi um exímio 
trompestista formado, como tantos outros jovens do seu tempo, na Minerva sob a 
batuta do maestro Zé Mocó, tendo iniciado os seus passos como músico ao lado de 
outros contemporâneos seus como Jomarito, Divan, Neto, Mauro Heleno,Laércio, 
Raimundo, Alcides, Jose Aurelino, Vumário dentre outros, quando a sede da 
Filarmônica era no sobrado da Rua do Fogo. Inicialmente, como quase todo iniciante, 
ele tocou trompa e depois tuba (um feixe de lenha, como era chamada a antiga tuba), 
depois, firmou-se como trompetista, tendo participado do conjunto "Paulinho e o seu 
conjunto" e do Jazz Colúmbia e foi sempre destaque nas fanfarras do Colégio Nossa 
Senhora da Graça.
 Deixou de atuar como músico, ao passar no concurso e tornar-se bancário do 
BANEB, tendo chegado ao cargo de gerente da Agência Cafarnaum, quando,
 ainda jovem faleceu repentinamente por problemas cardíacos, deixando uma grande  
 lacuna no convívio dos seus inúmeros amigos.

Comentários enviados

Octaviano Gonçalves de Oliveira
Octaviano Gonçalves de Oliveira em 08/02/2017 às 11:36:14 disse:

BENEDITO JOSE DOS SANTOS, conhecido como Benedito de Zecão ou simplesmente Bené, foi um exímio tropestista formado, como tantos outros jovens do seu tempo, na Minerva sob a batuta do marstro Zé Mocó, tendo iniciado os seus passos como músico ao lado de outros contemprâneos seus como Jomarito, Divan, Neto, Mauro Heleno,Laércio, Raimundo Alcides, Jose Aurelino, Vumário dentre outros, quando a sede da Filarmônica era no sobrado da Rua do Fogo. Inicialmente, como quase todo iniciante, ele tocou trompa e depois tuba (um feixe de lenha, como era chamada a antiga tuba), depois, firmou-se como trompetista, tendo participado do conjunto "Paulinho e o seu conjunto" e do Jazz Colúmbia e foi sempre destaque nas fanfarras do Colégio Nossa Senhora da Graça. Deixou de atuar como músico, ao passar nu concurso e tirnsr-se bancário do BANEB, tendo chegado ao cargo de gerente da Agência Cafarnaum, quando, ainda jovem faleceu repentinamente por problemas cardíacos, deixando uma grande lacuna no convívio dos seus inúmeros amigos.

Utilize o espaço abaixo para contribuir com informações, sugestões, elogios ou críticas ...

Sua mensagem será moderada antes de aparecer para o público.


(Obrigatório)
Este campo é obrigatório.Formato de e-mail inválido.

Desenvolvido por Éder Lima